Emoções

Tranquila como uma floresta
Por dentro um fogo que arde

Nem sempre o rio corre tranquilo
Nem sempre o mar está calmo
Nem sempre os dias são de sol a brilhar
Nuvens, chuva, trovoada e tempestade
Fazem parte da natureza e do ser humano
Aceita e permite que assim seja

Podes trovejar
Há quem mereça ouvir o teu rugido
Podes ignorar
Há quem mereça o teu desprezo
Podes te afastar
Há quem não mereça a tua presença

Não deixes, no entanto
Que esse fogo se espalhe
Por ti, por outros, por quem não é digno
Não te deixes inflamar pelas chamas que pontualmente surgem
A seguir ao temporal deve voltar o céu limpo
O brilho do astro-rei deve aquecer
As águas do caudal acalmarem-se

Aquieta-as, controla-as
Sê o mestre da tua embarcação

Publicado por Sara Carvalho

Chamo-me Sara Carvalho. Sou mãe de três filhos lindos, um deles com Síndrome de Down. São a minha grande paixão e inspiração para tentar ser, a cada dia, melhor. Curiosa de raíz, apaixonada pela vida e pela natureza. Adoro artes: ler e escrever - sobre os mistérios da vida, as emoções humanas, os pormenores; dançar; cantar (só para mim); cinema; espetáculos; concertos; exposições; viajar e ... sonhar com um futuro melhor. Um sonho que se transformou em objetivo: escrever um livro. Consegui! Mais sonhos? Não me faltam...

2 opiniões sobre “Emoções

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: