Sonho ao luar

Aos pés da paixão que entorpece
Depositei o meu corpo desiludido
Numa noite de praia ao luar
Fiz-lhe um pedido desmedido:

“Estrelinha que estás no céu a brilhar
se aquele que eu quero estiver em mim pensar, envia-me um sinal para eu poder acreditar”

Ali fiquei, estendida junto ao mar
Lágrimas salgadas na espuma se misturavam
Não sei se adormeci e sonhei
se realidade o que presenciei

Iluminado pela lua
Entre as ondas vi chegar
Homem esbelto descoberto
Em mim veio pegar

No colo molhado
sussurrou-me:
“não te deixo,
vim pra te amar”

Publicado por Sara Carvalho

Chamo-me Sara Carvalho. Sou mãe de três filhos lindos, um deles com Síndrome de Down. São a minha grande paixão e inspiração para tentar ser, a cada dia, melhor. Curiosa de raíz, apaixonada pela vida e pela natureza. Adoro artes: ler e escrever - sobre os mistérios da vida, as emoções humanas, os pormenores; dançar; cantar (só para mim); cinema; espetáculos; concertos; exposições; viajar e ... sonhar com um futuro melhor. Um sonho que se transformou em objetivo: escrever um livro. Consegui! Mais sonhos? Não me faltam...

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: