West Side Story

Finalmente vi ontem o remake do filme West Side Story, realizado por Steven Spielberg. Estava bastante curiosa, pois desde miúda que sou fã do filme e, acima de tudo, da banda sonora. Lembro-me de ouvir em loop o CD. E nada melhor que dançar e cantar a música I Feel Pretty em altos berros. Quem nunca?

Engraçado, o realizador, na grandeza dos seus 75 anos, confidenciar que este filme foi o mais assustador da sua carreira. Talvez por o adorar, saber de cor todas as letras das músicas e ter “um desejo desesperado de fazer a sua versão”, conforme revelou em conferência de imprensa.

O musical original estreou na Broadway em 1957, inspira-se no clássico Romeu e Julieta de Shakespeare, e transpõe-se para a Nova Iorque dos anos 50. Em 1961 surgiu a primeira adaptação para Hollywood.

Gosto de histórias de amor e de musicais, principalmente quando a banda sonora é do grandioso músico, maestro, compositor e pianista Leonard Bernstein. Um génio!

O que é que estava à espera? Confesso que alimentava uma secreta esperança que esta versão tivesse um desfecho diferente do original. Estive até à última sem saber como iria terminar, mas Spielberg não quis alterar a história.

Quem é que não gosta de finais felizes? Bem sei que a vida é cheia de chatices, ódio, violência, preconceito, racismo e morte. O filme retrata bem uma sociedade que infelizmente continua atualizada com aquela época. Pior.

Precisamente por a vida ser assim é que gosto e espero que os filmes, livros e peças de teatro terminem bem. Ao menos ali (mesmo sabendo que não corresponde à realidade) que se possa dizer “viveram felizes para sempre.”

Publicado por Sara Carvalho

Chamo-me Sara Carvalho. Sou mãe de três filhos lindos. São a minha grande paixão e inspiração para tentar ser cada dia melhor. Curiosa de raíz, apaixonada pela vida, pela natureza, por música, dança, letras e não só. Adoro artes: ler e escrever - sobre os mistérios da vida, as emoções humanas, Deus, fantasia, suspense, espiritualidade, poesia; musicais; cinema; espetáculos; concertos; teatro; bailado; exposições; fotografia; viajar e ... sonhar com um futuro melhor. Também sou instrutora de Pilates, desde 2006. Um sonho que se transformou num objetivo? Escrever um livro. Consegui! 777 é o seu título. É uma obra de fantasia com muita realidade à mistura. Também gosto de números e enigmas.

2 opiniões sobre “West Side Story

Deixe uma Resposta para José Baião Cancelar resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: