Na ilha

Foste vida cheiaVentre pleno de prazerInundada pelas marés e marinheirosPerdida agora no oceanoBorbulhas na espuma da manhãEmanas a energia das estrelasDaquilo que viveste outroraDos corpos que acolhesteDas gargalhadas que soaram ilha aforaDos segredos que acalentasteDos colos que foram teusFervilhas com as recordações passadasDo corpo fustigado por sol e salPelos amantes que te amaramPelas histórias queContinue a ler “Na ilha”

ChegasNão dizes nadaO teu olhar diz tudo – Queima Puxas-mebruscamenteSem somBeijas-meaté que eusolte um gemidoApertas-mecontra o peitoSinto o teu perfumeInebria-me maisDespes-mesofregamenteCom os olhosCom os dedosCom as mãosArrancas tudoque se interponhaentre nósAbsorvo o teu calorcontra os seios ea tua rigidezArrepias-meo pescoçocom beijos afogueadosAtiras-meAtiras-teDescesFicas abanquetear-teAgorasem pressaContorço-meem descargasSatisfeito vensSoltas a língua na minhaSaboreamo-nosE sem nada dizeresOlhas-me nos olhosEntrasContinue a ler

Infância perdida

Atiraste certeiroFuraste-me os sonhosDeixaste-me estilhaços no corpoCicatrizes na almaFurtaste a inocênciaDeportaste a felicidadeRasgaste o que tinha de melhorFoi-sePerdido para sempreSou agora vagabundo neste mundo cegoRastejo pelas ruasFarejando pedaço de pãoCarinho e atenção faltam-meQuando surgem recolho-meFecho-me na escuridãoDeves querer algo em trocaNão há amorNão há compaixãoMataram-me em vidaE comem-me os restosAbutres de uma sociedade fantocheGananciososPodresPutrefação mundialObrigadoContinue a ler “Infância perdida”

Podia escrever um texto, um poema ou dar a minha opinião sobre o Natal, mas não me apetece e a vocês também não 😅 Deixo-vos apenas um abraço e votos que sejam felizes, agora e sempre❤️Tudo de bom⭐️Boas Festas🥂

Amo amar-teE nesta conexão desenfreadaAmo-me tambémRecebo o calor que circula entre os nossos corposAbandonados deste mundoEntregues a si mesmosDançando com a melodia da nossa paixãoAquela que nos assoberba a alma e aquece o corpoQue acelera coraçõesAo ritmo de um comboio atrasadoAmo amar-teE assim sentir-te em mimAssim, sentir-me em tiAmoAmas

Podes falar comigoConseguirás ouvir-me?Podes estar presenteConseguirás fazer-te sentir?Podes abraçar-meConseguirás aquecer-me?Podes tocar a minha peleConseguirás tocar a minha alma?Podes beijar-meConseguirás disparar-me o coração?Podes dizer “amo-te”Conseguirás mostrá-lo em ação?Podes possuir-meConseguirás satisfazer-me?Pergunta-te:Será que basta o que tens para me oferecer?

Quando?

Quando é que sabes?Quando é que percebes?Quando é que achas que te perceberam?Quando é que aquilo que disseste se ouviu?Quando é que alguém realmente entende aquilo que sentes?Quando é que não te sentes um estranho?Quando é que a tua voz é entendida?Será assim tão difícil?Falarás a mesma língua?Não me parece.Faço desenhosPintoCantoGesticuloNinguém entendeSinto-me sóAusenteNum barco queContinue a ler “Quando?”