Sem ti

Como viveria eu sem ti?
Alma errante abandonada
Triste em tudo seria

Existir sem respirar
Acordar sem luz do sol
Adormecer sem estrelas
Uma praia sem mar
Um deserto sem areia
Uma floresta queimada
Um campo sem flores

Ver sem cor
Cheirar sem olfato
Tatear sem sentir
Saborear sem paladar
Ouvir um mudo

Como viveria eu sem ti?
Tu que és oxigénio
Tu que iluminas os meus dias
Tu que me embalas as noites
Tu que és as ondas da maré
O oásis no ermo
O guarda verde florestal
O prado colorido e perfumado

És o arco-íris que me encanta
O perfume mais inebriante
O arrepio da pele
O céu da minha boca
A melodia dos meus ouvidos

És a minha terapia
Amiga
Confidente
Alegria
Coração que transborda
Ânimo da alma
O movimento dos meus pés
O ondular das minhas ancas
A vibração dos meus ombros
O ritmo que me guia
O pulsar da minha vida

És tudo, tanto e mais
És uma obra prima
Uma oferta divina
Viver sem ti, não, eu não poderia

Publicado por Sara Carvalho

Chamo-me Sara Carvalho. Sou mãe de três filhos lindos, um deles com Síndrome de Down. São a minha grande paixão e inspiração para tentar ser, a cada dia, melhor. Curiosa de raíz, apaixonada pela vida e pela natureza. Adoro artes: ler e escrever - sobre os mistérios da vida, as emoções humanas, os pormenores; dançar; cantar (só para mim); cinema; espetáculos; concertos; exposições; viajar e ... sonhar com um futuro melhor. Um sonho que se transformou em objetivo: escrever um livro. Consegui! Mais sonhos? Não me faltam...

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: